6 maneiras de fazer a mesma coisa, o que é considerado boas práticas?

As vezes tem tantas maneiras diferentes de fazer o mesmo código que nós ficamos na dúvida quanto a qual maneira usar. O que seria considerado "boa prática" pela comunidade e o que sua equipe entenderia melhor. Suponhamos que você esteja trabalhando dentro de um método de um Domain Service chamado UmDomainServiceChique(objetoDoDominio) que será chamado por uma API.Você tem uma regra de negócio chique para ser verificada que por enquanto chamarei de VerificaMinhaRegraChiqueComplexa().Você chama UmDomainServiceChique(objetoDoDominio) e caso VerificaMinhaRegraChiqueComplexa() retorne true você vai querer que UmDomainServiceChique faça o que tem que fazer e a api retornar Ok 200, caso contrário você quer que a API responda um erro qualquer, tipo BadRequest, e retornar uma mensagem dizendo que VerificaMinhaRegraChiqueComplexa deu ruim. Eu vejo 6 maneiras de fazer isso, gostaria de saber a opinião de outrs devs sobre qual seria a maneira menos gambiarrística de fazer:1) se Ver…

Artigo sobre WordPress publicado na Clube Delphi 126

Já está disponível no site da Dev Media a algum tempo, e logo chegará nas bancas a revista Clube Delphi edição 126.

Nesta edição saiu um artigo meu sobre o WordPress, como integra-lo com uma aplicação Delphi para postagens ou monitoria do que se fala sobre sua marca. Esse artigo foi uma pincelada no assunto. A integração ainda pode se dar via RSS, webservices e outros tipos de customização. Além disso o que foi apresentado não se aplica apenas ao WordPress, mas ao Magento e Joomla também.

Gostaria de destacar o artigo do Rodrigo Araújo sobre Expressões Regulares. Sempre quisemos ter isso no Delphi e agora temos nativo, o que é muito bom.

Padrão Strategy do Rafael Stavarengo é um dos que eu recomendo fortemente a leitura. Aliás, todos os artigos do Rafael Stavarengo são fortemente recomendados. O cara manja muito de POO eDesign Patterns.

O Datasnap XE é O DATASNAP. Tudo o que você esperava de melhorias nessa tecnologia agora estão aí, disponíveis. E o Rodrigo Carreiro Mourão, outra fera, fala de DataSnap associado a generics, RTTI e DAO.

O artigo de capa é indispensável para quem quer praticar XP. Os builds DEVEM ser automatizados.

Espero que todos tenham uma ótima leitura.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Detectar o encoding de um arquivo para não corromper ao transformá-lo

erro "ora-12154: tns: não foi possível resolver o identificador de conexão especificado"

Factory Reset do Samsung Galaxy S