terça-feira, 22 de junho de 2010

Integrando Form Spring no seu blog

O que tem de mais legal na internet 2.0 hoje é a incrível quantidade de integrações com redes sociais e blogs que você pode fazer. A maioria dos sites ou serviços possui uma api para você integrar com seu site ou  blog. Quem visita o meu blog pode ver que ele é cheio de penduricalhos, muitos deles inúteis.

Criei uma nova tag no Blog chamada Site aos Pedaços onde mostrarei um pouco sobre essas api's (e tirarei algumas que estão sobrecarregando o blog)

Hoje é a vez do formspring.me. Trata-se de um serviço web onde as pessoas fazem perguntas a você e você responde. Simples. Mas para que entrar no site para perguntar se os fóruns existem para isso? Integrando isso no seu blog ele fica um pouco mais "útil".

Para isso  crie uma conta em http://www.formspring.me e depois clique em settings --> widgets para gerar o widget.

Lá será gerado um trecho de código HTML que incorporado no seu blog ficará assim:

Artigo sobre Visual Studio na Easy .Net #2

Saiu o meu primeiro artigo na revista Easy .Net #2, que pode ser lida no site da  Dev Media.
Trata-se de um overview básico do ambiente do Visual Studio 2008 e uma pequena aplicação prática. 

A revista está disponível no Leitor Digital da editora.

Se você ainda tem pouca familiaridade com programação no ambiente .Net os artigos Primeiros Passos Com a Linguagem de Vladimir Rech e o meu artigo Introdução à Programação com C# na revista .Net Magazine

Espero que seja útil a todos, Have Fun \(^^)/

segunda-feira, 21 de junho de 2010

It is not safe to rely on the system’s timezone settings. :z

Se você recebeu a mensagem It is not safe to rely on the system’s timezone settings. Ao começar a trabalhar com datas no PHP, mude o arquivo pgp.ini, editando o date.timezone.
No meu caso eu coloquei date.timezone = America/Sao_Paulo
Também é possível setar a timezone com o método:

date_default_timezone_set('America/Sao_Paulo');


Have Fun ;)

PHP 5.2.13 ou 5.3 e Apache 2.2.15 no windows

Se você está enfrentando problemas ao instalar o apache + PHP nestas versões isso pode estar ocorrendo por causa de erro em alguma extensão.

Li muitos casos na web, posts em foruns e blogs, que algumas versões anteriores também enfrentavam esses problemas.


Problemas:

1) Apache não inicia

2) Mensagens de erro envolvendo a dll php5ts.dll

3) Nenhuma mensagem de erro nos logs do apache. Apenas é mencionado que ele teve de reiniciar

4) Texto do log de eventos Aplicativo com falha php.exe, versão 5.2.13.13, módulo com falha php5ts.dll, versão 5.2.13.13, endereço com falha 0x000f351c.


Para solucionar, tente o seguinte:
1) Certifique-se que o apache funciona sem PHP.

Para isso desisntale o PHP e retire do arquivo httpd.conf do Apache as linhas que configuram o PHP



LoadModule php5_module "C:/Arquivos de programas/PHP/php5apache2_2.dll"
AddHandler application/x-httpd-php .php

# configure the path to php.ini 
PHPIniDir "C:/Arquivos de programas/PHP"

2) Certifique-se de que a variável de ambiente do PHP está configurada, clicando com o botão direito do mouse em meu computador --> avançado --> variaveis de ambiente


3) Certifique-se de que o PHP está funcionando: no prompt de comando digite php -v para ver a versão. Provavelmente ocorrerá um erro.


4) Se já desinstalou o PHP, reinstale e na hora de excolher as extensões que vai usar, escolha apenas e estritamente as que vai precisar mesmo. Eu desabilitei todas e escolhi apenas a do mySql, por enquanto.



Se estiver usando apache (provavelmente) o PHP que você precisa é o compilado no VS6 (visual studio 6). Há versões do PHP compiladas no VS9 (visual studio 2008) [apenas php 5.3], mas suas dll's não são compativeis com o Apache 2.2.



5) Algumas dll's dentre as extensões estão com problemas nesse release. Dentre elas foi citada a extensão do MSSQL.



6) Alguns reportaram também erro na dll msvcr71.dll. Por isso, tente atualiza-la ou substituí-la pela mesma dll de outra máquina que funcione.



7) Para que funcionem as tags curtas, com <? ?> vá no php.ini e coloque o short_open_tag = On (não é aconselhável usar as short tags se você não tiver acesso ao php.ini do servidor)



8) Tenha certeza de que está chamando o módulo certo do php no apache. Para apache 2.2 o módulo não é o php5apache2.dll e sim o php5apache2_2.dll



9) Resolvi TODOS os meus problemas instalando o php 5.3 em vez do 5.2. Ele só vem com a dll php5apache2_2.dll, então pelo que eu entendi ele só suporta o apache 2.2 .... consegui instalar o joomla .... fuck off ¬¬



O link abaixo me ajudou:



http://tidoc.wordpress.com/2010/04/27/php-5-2-13-apache-2-2-15-windows/



Sinceramente, eu não sei o que acontece se instalar o php compilado no VS9 no apache 2.2. Quem quiser testar, por favor.

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Enviando Tweets via Lazarus + Synapse

Primeiro de tudo você vai precisar da biblioteca Synapse. O legal é que ela não é um componente pra se instalar, então não precisa reconstruir (rebuild) seu Lazarus.

Muitos sites e blogs oferecem uma cópia da biblioteca synapse hospedada no proprio site, sem indicar ou colocar o link para o site original do autor.

O site do outor do synapse é esse: http://www.ararat.cz/synapse/doku.php

Lá você pode baixar a biblioteca original e atualizada dando créditos ao seu autor.

De posse dela, você vai precisar criar um método POST, já que a classe de HTTP da biblioteca não fornece um, mas fornece os meios para que você faça isso. (ela tem get, mas não post, então você terá de fazer o post no dedo, mas é facil).

Coloque dois edits, dois memos e um botão em uma form.


function TForm1.HttpPostURL(const URL, URLData: string; const Data: TStream): Boolean;
var
  HTTP: THTTPSend;
begin
  HTTP := THTTPSend.Create;
  try

     //para autenticação http simples, usuario
    HTTP.UserName := txtLogin.Text;

    //senha
    HTTP.Password := txtPassword.Text;

    //mando escrever os dados do tweet no documento
    //Pointer(URLData)^ é o conteúdo (pelo menos o primeiro caracter) para onde o ponteiro da string aponta (toda string no lazarus é um ponteiro, igual no Delphi)
    HTTP.Document.Write(Pointer(URLData)^, Length(URLData));
    //digo o mimetype
    HTTP.MimeType := 'application/x-www-form-urlencoded';
    //mando executar o método post com os dados que eu já setei
    Result := HTTP.HTTPMethod('POST', URL);
    //vou para o começo do documento (o documento é um stream)
    HTTP.Document.Seek(0,soFromBeginning);
    //copio para a stream de saida que veio no parametro desse médtodo (já deve estar criada)
    Data.CopyFrom(HTTP.Document, HTTP.Document.Size);
  finally
    //não esqueça: cuidado com os memory leaks
    HTTP.Free;
  end;

end;

procedure TForm1.btSendClick(Sender: TObject);
var

    host: string;
    st: TMemoryStream;

begin

     //url da atualização de status no twitter. Optei por xml porque xml é mais fácil no lazarus, mas também pode ser usado json.
     //tenho medo de json.... deve ser por causa da máscara e da motoserra. :P
    host := 'http://api.twitter.com/1/statuses/update.xml';

  try
     //cria a memory stream
    st:=TMemoryStream.Create;
    //no post, você tem que ter uma variavel=um valor. Na api do twitter, para atualização de status,
    //mtweet é o memo do status
    HTTPpostURL(host, 'status=' + mTweet.Text, st);
    //posiciono o stream de resultado (xml q o twitter me retorna) no inicio
    st.Seek(0,soFromBeginning);
    //mostro no outro memo
    Memo1.Lines.LoadFromStream(st);
  finally
    st.Free;
  end;

end;     

Delphi Tour 2010 - Eu Fui ^^ (continuação)

Como eu prometi no meu  post anterior, abaixo vão as fotos que eu tirei do evento. Tirei apenas 5 ou 6 fotos.
Desculpem o tamanho desse post, mas ele tem informações importantes sobre o preço do Delphi até dia 25, e o preço da concorrência.

O evento foi pequeno, não tinha muito o que fotografar.


Você pode encontrar essas fotos no meu album do picasa http://picasaweb.google.com/vitorrubio/DelphiTour2010#

Durante o evento tive 6 decepções:
1) Não haverá mais nenhum tipo de versão Express ou Turbo do Delphi. E entrando no site do Turbo Explorer, eu não encontrei a versão 2006 do Turbo Delphi. A embarcadero tirou os links e você é remetido direto para o site da Embarcadero, na página de  produtos free, e não tem mais o Turbo Delphi 2006, apenas o trial do 2010.

2) Fui informado que as versões personal 3 e 4, e o Turbo Delphi 2006, que foram distribuidas gratuitamente nas revistas Geek e internet, respectivamente, podem servir de base para um upgrade, mas apenas até o dia 25/06/2010 (pelo menos isso me foi informado por e-mail por uma pessoa do departamento comercial, mas não sei se ela entendeu direito minha pergunta). O que acontecerá depois do dia 25? As versões de 1 a 2005 perderão suporte a upgrade e apenas as versões 2006 em diante terão direito a upgrade. Se você não quer comprar a licença de New User, que é mais cara, essa é sua última oportunidade.

3) As versões professional não tem o Datasnap, apenasas versões enterprise em diante. Triste isso, porque na minha opinião as biblitecas deveriam ser iguais para todas as versões, sendo o diferencial apenas recursos, experts  e plugins da IDE, alem de componentes de integração, softwares para diagramas UML e recursos para desenvolvimento em equipe.

4) O Delphi Professional também não tem todos os drivers dbXpress que você precisa. Os bons mesmo só a partir do Enterprise.

5) Fazendo uma comparação, o Delphi Professional não atende a maioria das minhas necessidades, e ele é comparável à versão Express dos produtos da Microsoft, que são gratuitos. O Rad Studio Archited é sem dúvida um sonho, mas salgado demais pelo que tem a oferecer. As versões "Professional" da concorrente equivalem as versões "Enterprise" da embarcadero. Mas o preço .... Enquanto o Delphi enterprise Upgrade está R$ 2.533,50, o VS 2010 com MSDN Subscription NEW USER está US$799,00, com o dolar a 1,775 ficaria a R$ 1418,23, ou seja, um pouco mais que a metade do preço (não estou contando com impostos). Esse é o preço do pacote que vem com MSDN Essentials. Com MSDN completo vai para US$1,199. Tudo bem que o pacote Premium e  o Pacote Ultimate são muito mais caros que o Rad Studio Architet. O ultimate bem masi caro até. Mas o preço do Delphi (não rad studio) Professional e Enterprise é injustificável. Se fosse rad studio então nem se fala. Qualquer pacote da M$ já vem com suporte a mais de uma linguagem, então equivaleria (em necessidades de desenvolvedores e não em questões de análise, bd ou ALM) a um rad studio.

Esses são os preços da M$

Abaixo os preços do RadStudio ou do Delphi:

Conforme contato no Delphi Tour São Paulo, seguem informações comerciais dos produtos. Lembramos que essas condições são promocionais, válidas somente para inscritos no Delphi Tour e para propostas oficiais assinadas e recebidas originais até a data de 25/06. Caso tenha interesse na aquisição, por favor, envie a ficha cadastral anexa preenchida para que possamos gerar a proposta oficial. Aproveitamos para lembrar que essa é a última oportunidade para a atualização de versões antigas do Delphi 1 ao 2005)


PROMOÇÃO 25% DE DESCONTO
(Você pode adquirir os produtos abaixo com 25% de desconto. Valores abaixo já com desconto sobre a tabela de preços)

Para receber o Delphi ou C++ Builder Professional UPGRADE
R$ 778,50

Para receber o Delphi ou C++ Builder Enterprise UPGRADE
R$ 2.533,50

Para receber o Delphi ou C++ Builder Architect UPGRADE
R$ 4.483,50


PROMOÇÃO RAD STUDIO
(Para adquirir o seu RAD Studio até 25/06, você paga por ele apenas o preço de tabela do Delphi. Valores promocionais abaixo)

Para receber o RAD Studio Professional NEW USER
R$ 2.338,00

Para receber o RAD Studio Professional UPGRADE
R$ 1.038,00

Para receber o RAD Studio Enterprise NEW USER
R$ 5.198,00

Para receber o RAD Studio Enterprise UPGRADE
R$ 3.378,00

Para receber o RAD Studio Architect NEW USER
R$ 9.098,00

Para receber o RAD Studio Architect UPGRADE
R$ 5.978,00


PROMOÇÃO RAD + DB OPTIMIZER
(Para adquirir o seu RAD Studio Architect + DB Optimizer até 25/06, você paga por ele apenas o preço de tabela do RAD Enterprise. Valores promocionais abaixo)

Para receber o RAD Studio Architect NEW USER + DB Optimizer
R$ 7.278,00

Para receber o RAD Studio Architect UPGRADE + DB Optimizer
R$ 4.678,00



Condição de Pagamento:             Vencimento em 14 dias após o faturamento, com boleto bancário

Prazo de Entrega:                            Até 15 dias a contar da data da emissão da NF


Detalhe: pagamento apenas a vista. ( PORRA, À VISTA?).
A empresa que eu trabalho hoje não utiliza Delphi (a que eu trabalhava antes sim). Por isso, se quero ter um Delphi que não seja o 2006 ou os Trials da vida, tenho que comprar. Eu compraria se fosse parcelado, mesmo tendo outras prioridades na vida como casa e carro.
Como eles não vendem parcelado....

Os parceiros da M$ no Brasil, como a Brasoftware, vendem a liceça professional New User (não é upgrade, não é standard) do VS 2008 (não achei a versão 2010 no site ainda) por 2485,00 (mais barato que o upgrade de 2533,50 ou o new user de sabe-se Deus Quanto do Delphi Enterprise.) E ainda parcela em 5x. no cartão de crédito.

Vou te dizer, sou um apaixonado por Delphi(leia o post), por muitos motivos mas principalmente pela quantidade de documentação, exemplos, componentes, facilidades e pelo apelo didático da linguagem pascal, idealizada por Niklaus Wirth.

É hora de ir para o MonoDevelop e Lazarus. Com meu orçamento, se eu for comprar um produto profissional e original, só posso comprar da M$, sinto muito.

Na minha humilde opinião, a Embarcadero poderia abrir o source do Delphi 7 para download e uso irrestrito, já que ele é tão velho que não merece mais consideração. Ele é o segundo melhor Delphi depois do 2010. E minha preferência pelo 2010 se dá apenas por causa dos generics, alguns novos recursos da linguagem e a nova RTTI (que tem uns bugs chatos que serão vistos em outro post).

A 6° decepção é que, nas palavras do próprio Andreano Lanusse, a Embarcadero não tem planos de portar nativamente, ou recriar, para o Delphi bibliotecas muito usadas e muito necessárias que hoje são desenvolvidas por terceiros, como Relatorios (RAVE) e Sockets (Indy), além de coisas como REgEx, que você pode encontrar open-source por aí, ou não. Essa posição é para não concorrer com os próprios parceiros desenvolvedores de componentes.

O que acontece? o Cenário que já conhecemos: você adquire uma nova versão do Delphi, suponhamos a 2012 (no fim do mundo), mas os seus componentes de terceiros adquiridos do D 2010 não funcionam ou não são suportados no D 2012. A empresa mudou, faliu, parou de dar suporte ao componente, o que fazer?

1) Não migre seus projetos D 2010 para D 2012.
2) Migre e tenha o retrabalho de migrar ou portar o componente. (ou trocar de componente, e pague novamente)
3) Mesmo que você tenha o source do componente, estará fadado e escravizado a dar suporte, manutenção e talvez até migrar um código de um projeto que não foi você que fez e que talvez você nem saiba como funcione. (Esqueci de adicionar nos custos do Delphi o custo dos componentes de terceiros que você precisará e que talvez já venham nativamente no Visual Studio e no .net Framework...)

O resto da história vocês já conhecem.

Sore Feet Song, para micreiros

Assistindo o anime Mushishi, conheci uma música muito bonita, que eu não conhecia antes, do Ally Kerr

O nome da música é The Sore Feet Song (tradução no vagalume)

Ei-la:

I walked ten thousand miles,
ten thousand miles, too see you
And every gasp of breath,
I grabbed it just to find you
I climbed up every hill too get to you
I wandered ancient lands too hold just you

and every single step of the way
I paid...
Every single night and day
I search for you
through sandstorm and hazy dawn
I reached for you

I stole ten thousand pounds,
ten thousand pounds to see you
I robbed convenience stores
'cause I thought they'd make it easier
I lived of rats and toads and I starved for you
I fought off giant bears and I killed them too

and every single step of the way
I paid...
Every single night and day
I search for you
through sandstorm and hazy dawn
I reached for you

I'm tired and I'm weak, but I'm strong for you
I wanna go home but my love gets me through

lalaalalalaalalalalalala
lalaalalalaalalalalaaaaa

la


Porque eu lembrei dela? Não sei. Só sei que estava debugando um daqueles projetos natimorto que me causam aflição e me veio instantaneamente uma paródia na cabeça, como se fosse um download cerebral:

I wrote ten thousand lines,
then thousand lines, to build you
And every debug step,
I grabbed it just to patch you
I climbed up every hill too get to you
I wandered ancient files too catch just you

and every debug step of the way
I paid...

Tudo bem, a paródia não está muito legal, mas é que ela foi feita seguindo a metodologia Xtreme Go Horse, igual o projeto.

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Introdução à Programação com C#

Todo curso de ciência da computação ou processamento de dados começa com uma introdução à programação (ou introdução à ciência da computação) que no começo a essência é a mesma: introduzir o aluno/leitor ao mundo dos computadores, como eles funcionam por dentro, como números e cálculos se transformam em cores e sons.
Saiu na revista .Net Magazine desse mês o meu primeiro artigo nessa revista: trata-se de uma introdução à programação com C#. Ideal tanto para iniciantes em programação no geral como para iniciantes na linguagem C#.

Página da edição 74 no site da DevMedia 
Edição 74 no leitor digital


Espero que seja de utilidade para todos.

Have Fun   =]

Delphi Tour 2010 - Eu Fui ^^

Ontem foi dia de Delphi Tour 2010, em São Paulo, no Maksoud Plaza Hotel. 


Tirei umas fotos, fiz umas gravações, depois eu posto as fotos aqui.


Dentre os destaques, podemos citar:


Agora a Embarcadero trabalha com o sistema de licenciamento All Access, onde você compra uma licença e tem acesso a todos os produtos da empresa.


Desenvolvimento mobile: Travado por dois motivos: se por um lado o Delphi Prism + MonoTouch  + Mono está de vento em popa, a Apple resolveu atravancar tudo colocando uma cláusula no contrato de desenvolvimento do IPhone (ipod, ipad etc) dizendo que somente os softwares desenvolvidos em objective-c serão permitidos no IPhone. É a mesma briga que ela comprou com a adobe. (não sei porque, os frameworks e vm's que rodam dentro dele já não são feitos em OC ?? Se continuar desse jeito, esquece java para o iphone).

Por outro lado, o novo windows 7 mobile será totalmente baseado em silverlight, mas não se sabe se ele terá suporte a todas as características do .net compact framework ou se as aplicações vão ser desenvolvidas apenas em silverlight. 
Então, se você planeja entrar no mercado mobile com Delphi Prism ou mesmo C#, ESPERE.


Por falar em Prism, a versão 2011 será compatível com o .Net frwk 4.0 e terá todos os seus recursos. Um recurso muito interessante que será incorporado é o suporte a importação de código em C#. Assim, se você encontrar um template ou exemplo num blog em C#, é só dar ctrl-c que no Prism aparecerá a opção "paste as Delphi Prism". Muito bom.


Convenhamos, um código escrito em qualquer linguagem compliante com o .net pode ser facilmente portado para qualquer outra linguagem. E ao ler o mesmo código em linguagens diferentes (VB, C#, Oxygene) você acaba tendo a impressão de que os códigos estão escritos na mesma linguagem.


Foi falado um pouco do sistema de log da codesite, parece que agora virá junto com o produto, e foi falado do monodevelop, para desenvolvimento com o prism para Apple Mac OS X. (Salvo restrições acima????)


Achei interessante o DB optimzer, vou recomendar na minha empresa mesmo que nosso foco aqui seja C# e SQL Server.


De matar mesmo foi a integração com a API do skype. Pena que não tive memória suficiente no meu card pra gravar essa parte. Mas é possível usar as messages do windows  e a API para fazer de tudo com o skype.  Esse artigo vai te ajudar a iniciar com a API do windows. Posteriormente eu postarei algo sobre o Skype. Pesquise na web, e no proprio site do Skype e encontrará exemplos e tutoriais.



segunda-feira, 14 de junho de 2010

Artigo sobre ponteiros na Clube Delphi 118

Saiu mais um artigo meu na revista Clube Delphi n° 118.
Trata-se de um artigo sobre ponteiros. Um assunto um tanto acadêmico, mas muito esquecido e negligenciado hoje em dia devido a facilidade com que os ambientes modernos, gerenciados, lidam com a alocação de memória e as estruturas de dados e referências.

Ponteiros são essenciais para se manipular estrutura de dados em qualquer linguagem. E no Delphi, um objeto é um ponteiro, tratado de maneira diferente nos bastidores do compilador.

Espero que esse artigo ajude os alunos iniciantes na disciplina de estrutura de dados, nos cursos de Processamento de Dados e Ciência da Computação.

Os programadores mais "veteranos" podem se beneficiar desses artigos ao lidar com integrações diretas com hardware específicos onde, além de um pouco de assembly, temos de manibular bits e endereços de memória "na unha".

O artigo pode ser lido  no leitor digital da editora DevMedia

Have Fun =]

Resolvendo o erro Server Application Unavailable (80070545 )

Último post em abril e maio passou batido. É um a cada 2 meses agora? Q vergonha!

Espero com esse post conseguir uma espécie de "Redenção".

Trata-se de um porblema que já aconterceu duas vezes comigo: Windows XP + .Net Framework 1.1  e o iis que vem junto: Depois de instalar o .Net 2.0 com o VS 2008/ ou o 4.0 com o VS 2010 e por aí vai, as suas aplicações .Net 1.1 podem falhar.

Você pode receber uma mensagem vermelha de "Server Application Unavailable", ou coisa do gênero, juntamente com um erro 500 e uma mensagem para verificar o log de eventos. Lá você encontrará o erro 80070545.

Se o seu log estiver assim:

aspnet_wp.exe could not be started. The error code for the failure is 80070545. This error can be caused when the worker process account has insufficient rights to read the .NET Framework files. Please ensure that the .NET Framework is correctly installed and that the ACLs on the installation directory allow access to the configured account.

Para obter mais informações, visite o Centro de ajuda e suporte em http://go.microsoft.com/fwlink/events.asp.

Significa que você deve estar com o mesmo problema que eu. Além disso você pode receber também um erro 403 de "forbidden".

O que eu fiz para resolver:

1) Desinstale e reinstale o ASP .NET 1.1
a) abra o CMD, vá até a pasta do maledeto (C:\WINDOWS\Microsoft.NET\Framework\v1.1.4322) e digite:
aspnet_regiis.exe -u (para desinstalar)
aspnet_regiis.exe -i (para instalar)
regsvr32 aspnet_isapi.dll (para registrar o isapi)


Teste qwue já deve estar funcionando.


Se não funcionar:

2) Certifique-se que as pastas da web e dos projetos tenham as permissões necessárias ao usuario ASPNET da sua máquina.

%windir%\temp - acesso total
%wwwroot%\ - leitura
C:\WINDOWS\Microsoft.NET\Framework\v1.1.4322\ - leitura
C:\WINDOWS\Microsoft.NET\Framework\v1.1.4322\Temporary ASP.NET Files\ - acesso total

Registro aqui minha hipocrisia: dou acesso total ao grupo "todos" porque não quero perder tempo com isso


Agora funciona.... (ou não)

Caso isso falhe:

3) mude o usuário do machine.config

Abra o arquivo C:\WINDOWS\Microsoft.NET\Framework\v1.1.4322\CONFIG\machine.config e encontre a string: userName=
Se depois do userName= você encontrar machine, mude para system, que tem mais privilégios. (isso arregaçará completamente com a segurança, faça isso somente na sua máquina de desenvolvimento)


Se tudo isso falhar, segue a lista de links úteis, resultados da pesquisa que fiz no google:

http://www.dotnet247.com/247reference/msgs/43/217665.aspx
http://support.microsoft.com/default.aspx?scid=KB;EN-US;306005#top
http://support.microsoft.com/default.aspx?kbid=811320
http://support.microsoft.com/kb/317012/
http://www.velocityreviews.com/forums/t260386-aspnet_wp-exe-could-not-be-started-error-code-80070545-a.html

Postagens populares