6 maneiras de fazer a mesma coisa, o que é considerado boas práticas?

As vezes tem tantas maneiras diferentes de fazer o mesmo código que nós ficamos na dúvida quanto a qual maneira usar. O que seria considerado "boa prática" pela comunidade e o que sua equipe entenderia melhor. Suponhamos que você esteja trabalhando dentro de um método de um Domain Service chamado UmDomainServiceChique(objetoDoDominio) que será chamado por uma API.Você tem uma regra de negócio chique para ser verificada que por enquanto chamarei de VerificaMinhaRegraChiqueComplexa().Você chama UmDomainServiceChique(objetoDoDominio) e caso VerificaMinhaRegraChiqueComplexa() retorne true você vai querer que UmDomainServiceChique faça o que tem que fazer e a api retornar Ok 200, caso contrário você quer que a API responda um erro qualquer, tipo BadRequest, e retornar uma mensagem dizendo que VerificaMinhaRegraChiqueComplexa deu ruim. Eu vejo 6 maneiras de fazer isso, gostaria de saber a opinião de outrs devs sobre qual seria a maneira menos gambiarrística de fazer:1) se Ver…

Metaprogramação no lazarus

No meu último post eu falei sobre o componente Pascal Script da RemObjects. A melhor notícia é que a versão 3 do componente, com um belo instalador automático e uma série de melhorias, tem uma versão para lázarus muito fácil de se instalar.

Além disso tem uma versão também para o visual studio / .net, então imagina usar metaprogramação "via script" no ambiente .net que já permite metaprogramação. Vai ser show de bola, e um perigo também, se mal usado.

Esse é  o tipo de recurso que quando agente usa fala: "e porque não?".

Bom, pelo menos como aprendizado e prova de conceito darei uma estudada e desenvolverei mais alguns exemplinhos.

Por hora, fiz no lázarus o mesmíssimo exemplo feito em Delphi no último post, espero que gostem. Uma das mudanças foi colocar um SynEdit para digitar o código, em vez de um memo comum.



O Synedit é show!

Faça o download do exemplo aqui:

Have fun ;)

Comentários

  1. Ja tem um tempo que tento entender linguagem de programacão, mas pelo jeito vou ter mesmo que buscar um curso. Tenho um bocado de apostilas de todas as linguagens, mas aprender sozinho e muito dificil.Minha esposa alugou uma lojinha e logo vi a necessidade de um programa de gestão pra mesma. Ate tentei elaborar uma planilha no exel, mas não e isso exatamente que quero. Gostaria de poder realizar um projeto meu. Seria gratificante. Sera que vc poderia informar um passo a passo em Delph? tipo exercicios? obrigado por qualquer dica..

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pelo seu feedback san2005.
    Programar é uma atividade que você aprenderá durante a sua vida toda e nunca conhecerá tudo. Para mim, programação é tanto o percurso como a meta final de uma carreira inteira.
    Tudo depende de sua formação: é em exatas ou humanas?
    Como curso eu posso recomendar o curso técnico de informática das ETEC's se você desejar um curso de nivel de ensino médio/técnico ou uma faculdade de sistemas de informação/processamento de dados.
    É lógico que o básico dá para aprender sem fazer curso algum. Mas para isso você precisa de um projeto: o que você deseja fazer, ou ver feito? Com um projeto em mente você já tem um objetivo prático pra por a mão na massa.
    Sugiro a você começar por dois livros: um qualquer de lógica de programação e um básico de uma linguagem de programação qualquer.
    As séries "para leigos", "use a cabeça" e a editora érica tem bons livros para iniciantes.
    Depois de ler esses dois livros procure por mais dois assuntos: "fundamentos de ciência da computação" vai te dar uma visão geral sobre como funcionam computadores. Você pode procurar algum também sobre "algoritmos". E termine com outro livro, desta vez avançado, sobre a linguagem que você começou. Procure também por revistas e fóruns sobre essa linguagem.
    Repare que eu não te indiquei livros, mas sim assuntos/temas para você pesquisar numa livraria ou no submarino. Acredito que assim é melhor porque eu te dou mais liberdade de escolha e de julgar por si mesmo quais são as editoras e autores relevantes na área.
    Autores bons que eu posso indicar são "Deitel", "Marco Cantu" e "Niklaus Wirth".
    Com a leitura dos 2 primeiros livros já dá pra ter um começo muito mais sólido do que com apostilas da internet, e com os próximos que eu sugeri você terá uma evolução mais natural.
    O resto é mão na massa. As melhores apostilas e tutoriais sobre qualquer linguagem são os helps das próprias linguagens que são cheios de exemplos.
    Mais uma vez ressalto que esta é apenas a minha opinião sobre como entrar nessa área e trilhar esse caminho. Você pode, e com certeza vai, desbravar suas próprias trilhas.
    Boa viagem e bom divertimento :)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

erro "ora-12154: tns: não foi possível resolver o identificador de conexão especificado"

Detectar o encoding de um arquivo para não corromper ao transformá-lo

Factory Reset do Samsung Galaxy S